Abacate


Abacate (Persea americana) da família das lauráceas, é nativo da América Central. Seu nome deriva de ahuacatl, Fruta encontrada nas civilizações maia e asteca. Espalhou-se pela América do Sul durante a colonização.

O México (34%) lidera a produção mundial, de 3,36 milhões de toneladas. No Brasil, a produção atinge 170 mil toneladas, destacando-se São Paulo (45,5%) e Minas Gerais (22,8%).

O óleo extraído da polpa do abacate apresenta larga aplicação nos cosméticos. Composto por ácido oleico (65%) e ácido linoleico (15%), faz bem para a pele.

Colesterol

A gordura presente no abacate é saudável, não saturada, capaz de reduzir o "mau" colesterol (LDL). Isso acontece porque a gordura do abacate, aliada ao óleo oleico e à lecitina, emulsifica as gorduras animais saturadas, tornando-as solúveis.

O abacate possui substâncias que o tornam ainda mais especial: os fitonutrientes, que estão relacionados diretamente ao combate ao câncer e ao envelhecimento precoce. Estas e outras informações nutricionais podem ser conferidas em http://goo.gl/GygpW

Sal ou açúcar?!

O abacate é consumido na América Central e na Europa em forma de saladas e pratos quentes. No México, é usado no típico guacamole. No Brasil, o costume é diferente: serve-se a fruta adoçada, como sobremesa.

Avocado

Menor, com casca dura, avocado caracteriza especialmente duas variedades de abacate, chamadas "hass" (norteamericana) e "fuerte" (mexicana).

O teor de óleo do avocado varia entre 20 a 30%, enquanto nas variedades comuns do Brasil fica em 5%. Normalmente consumido como salada e pratos salgados.

Protoginia

Nos pomares de abacate se faz necessário intercalar cultivares distintos, dos chamados grupos A e B, que permitem a polinização cruzada.

Isto porque as flores do abacateiro, embora hermafroditas, apresentam protoginia, ou seja, o órgão masculino amadurece antes do feminino, impedindo a fecundação na mesma flor.

Saiba mais


Cultura do Abacate/EMATER
http://goo.gl/YQBYO

Abacate no Estado de São Paulo
http://goo.gl/1Dcl5
 
Avocado para exportação
http://goo.gl/54FwC