Caju

Caju (Anacardium occidentale) da família das anacardiáceas, é nativo da Amazônia. Planta tropical, o cajueiro não gosta de frio, fator que limita sua frutificação.

Embora nativo do Brasil, o Vietnã (30%) lidera a produção mundial, de 3,2 milhões de toneladas. O Brasil, com 240 mil toneladas, aparece em quarto lugar, atrás da Nigéria e da Índia.

O Ceará (50,4%) lidera a produção nacional, seguido do Piauí (23,4%) e do Rio Grande do Norte (17,8%). A área plantada soma 725 mil hectares. A exportação de 43 mil toneladas de castanha gera receitas de 190 milhões de dólares. 

Pseudofruta

A parte comestível in natura do caju é, na verdade, o pedúnculo floral. O verdadeiro fruto é a castanha, aquela que fica exposta, confundida com a semente; por isso o caju é considerado uma pseudofruta. 

O pedúnculo do caju é fonte riquíssima de vitamina C. Já a castanha mostra elevado teor de proteína (15%), sendo extremamente calórica - cada 100 gramas contêm 574 cal.

Saiba mais

Cultivo/Embrapa
http://goo.gl/hFQHH

Castanha de caju/Sebrae
 http://goo.gl/h9CfW

Comercialização em SP/Willian B. Fernandes e Thiago V. da Costa/Unesp
http://goo.gl/okoG6