Mamão


Mamão (Carica papaya) da família das caricáceas, é originário das Américas. Os portugueses o levaram para a Índia, onde se difundiu.

O Brasil (27,4%) lidera a produção mundial, de 6,9 milhões de toneladas. A Bahia (46%) e o Espírito Santo (39%) dominam a produção nacional de mamão, que atinge 1,8 milhão de toneladas, com cultivo de 35 mil hectares.

A exportação, promissora, atinge apenas 2% da produção.

Sexos

Existem mamoeiros de diferentes sexos. Algumas plantas apresentam apenas flores masculinas, que caem dependuradas, sem frutificação. Somente os mamoeiros hermafroditas são cultivados comercialmente.

Papaia

Fruto do aprimoramento genético na década de 1970, a variedade de mamão conhecida como papaia se originou no Havaí. Pequeno e doce, destacou-se rapidamente no mercado. Mas o mamão formosa, maior e mais barato, ainda é o preferido dos consumidores.

Papaína

O mamão apresenta boas propriedades digestivas, sendo excelente sobremesa.

O leite de mamão, ou suas folhas maceradas, servem para amaciar carnes duras, graças à papaína, enzima que digere proteínas.

Genética

Resistente ao vírus da mancha anelar, o mamão é um dos mais bem-sucedidos casos de modificação genética na agricultura. Cultivado desde 1998 no Havaí, praticamente salvou a fruticultura da ilha norte-americana, arrasada com a terrível doença.

Saiba mais

Cultivo/Seagri/BA
http://goo.gl/2x9mv

Nutrição, Calagem e Adubação / Embrapa
http://goo.gl/zif3O

Produção, Pós Colheita e Mercado / Sérgio L. D. Marin
http://goo.gl/I5c7m