Equino

Equino (Equus caballus) da família dos equídeos, é originário da Ásia e da Europa. O primitivo cavalo selvagem das estepes, ou cavalo de Przewalski, ainda existe nas regiões remotas entre China e Rússia.

O maior rebanho equino está na China, com 7,9 milhões de animais, seguido do México, com 6,3 milhões de cabeças.

História

O cavalo chegou às Américas por intermédio de Cristóvão Colombo, no final do século XV. No Brasil, foi introduzido na década de 1530 pelos portugueses.
 
O Brasil é o terceiro produtor mundial de carne de cavalo, atrás da China e do México. Seis frigoríficos nacionais abatem cavalos, sendo a carne exportada para Rússia, França, Bélgica, Itália, Japão e Coreia.

As divisas somam 34 milhões de dólares. Os argentinos são os maiores exportadores de carne de cavalo, com 37 mil toneladas.

O Brasil detém o terceiro plantel de cavalos do mundo, com 5,75 milhões de cabeças. Minas Gerais, Bahia, São Paulo e Rio Grande do Sul lideram os rebanhos.

Carne

Parecida com a carne bovina, a carne equina apresenta um sabor mais adocicado e coloração mais avermelhada. Na Europa compõe pratos finos e crus, como steak tartare e carpaccio. Nos embutidos, como salame e mortadela, também se pode utilizar carne de cavalo.

Muares

Famoso no trabalho de carga, o burro (ou sua fêmea, a mula) resulta do cruzamento do jumento (Equus asinus) com a égua (Equus caballus). Também chamados de muares, formam um rebanho de 1,4 milhão de cabeças no Brasil, sendo 51,1% no Nordeste.

O cavalo possui 64 cromossomos, enquanto o jumento possui 62; o cruzamento de ambos resulta em animais com 63 cromossomos. Por isso, são estéreis.
 
Asininos

Espécie distinta do cavalo, o jumento ou asno (Equus asinus) apresenta várias raças, sendo chamado jegue no Nordeste. O plantel nacional de asininos soma 1,2 milhão de animais, sendo 91,4% no Nordeste.

Existem várias raças e cruzamentos de pôneis, caracterizados pelo pequeno tamanho e pela docilidade. Geneticamente determinados, são os cavalos preferidos das crianças.

Base da criação nacional, a mais famosa raça de jumento chama-se pega. Ela resultou de cruzamentos entre estirpes italianas, egípcias e espanholas, realizados no início do século XIX na Fazenda do Engenho Grande dos Cataguases, em Lagoa Dourada (MG).

"Pegas" eram as algemas que prendiam os escravos pelo pé.

Pata única

Cavalos, asnos e zebras são animais monodáctilos, caracterizados por apresentar apenas um dedo funcional em cada pata.

Nos registros genealógicos das raças, apenas animais qualificados disputam mercados internacionais. Existem no Brasil, registrados, trezentos mil mangas-largas marchador, 278 mil quartos-de-milha, 197 mil crioulos, 186 mil mangas-largas, 88 mil campolinas, 80 mil árabes, 30 mil puros-sangues ingleses e 25 mil apaloosas.

Etimologia

A família à qual pertence o cavalo chama-se “equus” que significa veloz em grego.

Pelagem

Um velho ditado inglês diz que "a good horse is never a bad colour", quer dizer, se o cavalo é bom sua pelagem jamais será ruim! Mesmo assim, existem muitas crenças associadas à pelagem do cavalo: os negros, por exemplo, são considerados nervosos e pouco seguros, enquanto que os tordilhos têm a reputação de temperamentais e os alazões de serem teimosos e excitáveis.

Bonitinho

Os cavalos sempre se apresentam nariz-com-nariz!

Marcha

Passo, trote, galope, marcha: existem várias modalidades de andamento característica dos cavalos, que variam entre as raças equinas

Fama

O cavalo mais idolatrado da História teria sido Pégaso, o alado símbolo da imortalidade. Sua figura é originária da mitologia grega, presente no mito de Perseu e Medusa. Pégaso nasceu do sangue de Medusa quando esta foi decapitada por Perseu. Havendo feito brotar com uma patada a fonte Hipocrene, tornou-se o símbolo da inspiração poética. Tal fonte, denominada “Fonte do Cavalo”, fica no monte Helicon, na Grécia. Ela teria se formado quando os cascos de Pégaso escavaram a terra no impulso que o elevou aos céus.




Saiba mais

Pelagens e raças/Portal São Francisco
http://goo.gl/Y05my 

Tudo Sobre Cavalos
http://goo.gl/eVEGe