Gado de leite


A União Europeia (31%) lidera a produção de leite, seguida dos Estados Unidos (19,3%) e da Índia (10%). O Brasil (6,2%) produz 26,7 milhões de toneladas de leite, ocupando o sexto lugar no mundo, atrás ainda da China (8,2%) e da Rússia (7,5%).

Com produção de 14 bilhões de litros, a Nova Zelândia é a maior exportadora mundial, vendendo para fora 85% do que produz. Os neozelandeses dominam quase 40% da exportação mundial de leite.

O estado de Minas Gerais (27,8%) lidera a produção leiteira nacional, seguido de Rio Grande do Sul (11,3%), Paraná (10,3%), Goiás (10,1%) e Santa Catarina (7,1%). São Paulo (6,4%), antigo grande produtor, caiu para o sexto lugar.

Consumo

Considerando apenas o leite fluido, a Ucrânia lidera o consumo, com 109,5 litros/habitante/ano, seguida dos Estados Unidos (97,6), Brasil (83,2), União Europeia (69,1), Argentina (53,7) e Índia (37,1).

A China elevou bastante a produção de leite. Mesmo assim, o consumo per capita chinês está em 21,7 kg/ano, contra 136 kg/ano no Brasil. Na Argentina, o consumo per capita atinge 240 kg/ano, sendo de 260 Kg/ano nos Estados Unidos.

Gangorra

Em 1996, o Brasil havia se transformado no maior importador de leite do mundo, gastando seiscentos milhões de dólares nas compras externas. Hoje, o país começa a exportar leite em pó e derivados, gerando divisas de trezentos milhões de dólares.

Qualidade

Por meio da Instrução Normativa no 51/2002, que demorou cinco anos para viger plenamente, o Ministério da Agricultura definiu as condições e os requisitos mínimos de higiene sanitária para obtenção e coleta, produção e comercialização do leite.

A qualidade do leite melhorou. Fim do latão na beira da estrada.

Mastite

Inflamação da glândula mamária, a mastite é considerada a principal doença do gado de leite em todo o mundo. No Brasil, estima-se uma queda na produção, pela doença, de 15%. Representa 2,8 bilhões de litros a menos.

Búfala x Vaca

O leite de búfala é mais rico em vitamina A, cálcio e contém 8% de gordura; o leite de vaca, mais magro, fica na média em 3,5% de gordura. 

Produtividade

O rebanho nacional de vacas leiteiras apresenta 20,5 milhões de cabeças, mais que o dobro dos Estados Unidos. Mas a produtividade brasileira é bem menor. A média da produção nacional de leite está em 3,34 litros/vaca/dia, contra 4,3 litros/ vaca/dia nos Estados Unidos.

Na Austrália (14 litros/dia), Argentina (11 litros/dia) e Nova Zelândia (10 litros/dia), as vacas superam de longe a produtividade média do Brasil.

Na Amazônia a exploração de gado leiteiro tende a aumentar em função de pequenas e médias propriedades estarem migrando de uma exploração de gado de corte, com baixa rentabilidade, para o agronegócio do leite, por motivos ambientais principalmente evitando a abertura de novas áreas. As áreas alteradas da Amazônia deverão contribuir para o desenvolvimento da pecuária leiteira, sendo os Estados do Pará e Rondônia as área prioritárias para o crescimento da exploração. Colaboração de José Adérito Rodrigues Filho (aderito97@gmail.com)

Mastite

Inflamação da glândula mamária, a mastite é considerada a principal doença do gado de leite em todo o mundo. No Brasil, estima-se uma queda na produção, pela doença, de 15%. Representa 2,8 bilhões de litros a menos.



 



Saiba mais

Manejo, alimentação e cuidados/Emater/MG
http://goo.gl/Fjaw3   

Criação, instalações, raças/Embrapa
http://goo.gl/lPhWk 

Cadeia produtiva/Centro de Inteligência do Leite
http://goo.gl/xZdSI