Guaraná

Guaraná (Paullinia cupana), da família das sapindáceas, tem origem da Amazônia brasileira. O guaranazeiro é planta trepadeira, de médio porte, com pequeninos frutos vermelhos disposto em longos cachos.

Fabrica-se a bebida moendo a semente seca, tal como ocorre com o café.

A área de cultivo do guaraná no Brasil supera 13 mil hectares, com volume anual de 4,5 mil toneladas. O Amazonas lidera a produção (72,9%), seguido da Bahia (24,6%). Seguem para exportação 40% da produção nacional.

História

O guaraná foi descoberto pelo naturalista Humboldt, em 1821, ao entrar em contato com as tribos que habitavam a Amazônia, entre os rios Tapajós e Madeira. Em 1826, outro naturalista, Martius, analisou o guaraná e encontrou nele virtudes terapêuticas.

Cerca de 70% da produção de guaraná destina-se à fabricação de refrigerantes. O restante é comercializado na forma de bastão, ralado para consumo in natura, ou vendido como xarope, pó ou extrato, utilizado na indústria farmacêutica.

Saiba mais

Características técnicas/Portal São Francisco
http://goo.gl/nUFrn 

Coleção Plantar/Embrapa
http://goo.gl/TnwnH

Guaranazeiro no Amazonas/Embrapa
http://goo.gl/0h0hV